Notícias

TRADIÇÕES ANCESTRAIS DA SEMANA SANTA NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2012-04-05 13:10:42

TRADIÇÕES ANCESTRAIS DA SEMANA SANTA NO CONCELHO DE  IDANHA-A-NOVA

O afastamento dos centros urbanos, a iliteracia, a implantação cristã e o empenho de leigos e sacerdotes na transmissão da memória explicam que as tradições da Semana Santa no concelho de Idanha-a-Nova sejam provavelmente caso único em Portugal.

O concelho do distrito de Castelo Branco “é de uma riqueza extraordinária nas manifestações de piedade popular que não existem noutras regiões de Portugal”, afirmou António Catana, o autor do livro “Mistérios da Semana Santa em Idanha”, lançado recentemente.

A herança é explicada pelo “isolamento”, o “analfabetismo”, a marca deixada pelos Templários durante século e meio, período em que construíram sete castelos, número sem par noutro concelho do país, e os dois conventos franciscanos erguidos na região contribuíram para a implantação cristã e cuidado na preservação da memória e que as tradições da Semana Maior se mantivessem até hoje, explicou António Catana.

O autor sublinhou que a herança dos ritos e cantos religiosos tem sido preservada por “uma mão cheia de guardiões”, que a sabem transmitir com “amor, devoção e respeito, contagiando cada vez mais os visitantes”.

“Não há outro concelho que tenha nove Misericórdias em funcionamento, as quais dão uma grande alma a estas tradições”, destacou António Catana, acrescentando que os párocos têm sabido respeitar os rituais quaresmais, ao mesmo tempo que se esforçam para que sejam vividos “com cada vez maior vibração interior”.

Este legado cultural e religioso é fonte de atracção: “As aldeias do concelho, como todo o interior, estão bastante abandonadas, mas por altura da Semana Santa as ruas enchem-se de automóveis, o que reflecte bem o grande amor que as pessoas têm por este património cultural e material”.

No prefácio ao livro que inclui as transcrições musicais dos cânticos e fotografias de Hélder Ferreira, o bispo do Porto lembra que as tradições da Semana Santa em Idanha fundam-se na “base ancestral em que toda a humanidade assenta, em torno da terra de cada um, dos laços de sangue e da lembrança dos mortos”.

Os textos demonstram que “sobre essa base cresceu uma autêntica piedade popular, em que tais motivos foram ‘convertidos’ pelo significado último e ultimado que a vida, paixão, morte e ressurreição de Cristo lhes deu”, escreve D. Manuel Clemente.

“Muito mais do que um catálogo de costumes bem guardados”, a investigação de quatro anos nas 17 freguesias do concelho, situado 260 km a nordeste de Lisboa, junto à fronteira com Espanha, traz “sobretudo o lastro duma tradição viva de Páscoa continuada”, salienta o vice-presidente da Conferência Episcopal Portuguesa.

Voltar para a página de notícias

PROENÇA-A-VELHA: EXPOSIÇÃO COMEMORA 250 ANOS DA AMPLIAÇÃO DA IGREJA MATRIZ

Facebook

Escrito por RCM/CMIDN em 2014-08-18 13:42:39

PROENÇA-A-VELHA: EXPOSIÇÃO COMEMORA 250 ANOS DA AMPLIAÇÃO DA IGREJA MATRIZ

Uma exposição fotográfica comemorativa dos 250 anos da ampliação e restauro da Igreja Matriz de Proença-a-Velha foi inaugurada na passada sexta-feira no salão polivalente da freguesia. A mostra "Igreja - a Matriz de Proença" é composta por mais de 50 fotografias de João Adolfo Geraldes que documentam e celebram um dos edifícios mais emblemáticos da freguesia. Na inauguração da exposição, a presidente da Junta de Freguesia de Proença-a-Velha, Helena Silva, descreveu a Igreja Matriz como um "espaço de memória colectiva", palco ao longo dos anos de "inúmeras missas, muitos baptizados, muitos casamentos e alguns funerais". Esta igreja está classificada como Imóvel de Interesse Público e é de invocação a Nossa Senhora da Silva, padroeira de Proença-a-Velha. A sua capela-mor revela traços de uma primitiva igreja românica, que embora de data desconhecida era já referida numa visitação de 1505 da Ordem de Cristo.  

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: NATURTEJO CELEBRA ACORDO COM GEOPARQUE CHINÊS

Facebook

Escrito por RCM/ Diário Digital Castelo Branco em 2014-08-18 13:41:16

IDANHA-A-NOVA: NATURTEJO CELEBRA ACORDO COM GEOPARQUE CHINÊS

O Geopark Naturtejo da Meseta Meridional formalizou recentemente um protocolo de cooperação com o Geopark Tianzhushan, na China. A assinatura do acordo teve lugar no salão nobre da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, com a presença de investidores chineses que se encontravam em visita a este concelho. A união dos dois territórios pertencentes à Rede Global de Geoparques, sob os auspícios da UNESCO, tem como objectivo estreitar relações e estabelecer plataformas de intercâmbio e cooperação económica, científica e cultural. Para reforçar estratégias comuns nos domínios da conservação, gestão, promoção turística e desenvolvimento sustentável, o protocolo prevê actividades de cooperação científica, representação conjunta em feiras de turismo e intercâmbios entre investigadores, associações, agentes políticos, comunicação social e tecido empresarial de ambas as regiões.  

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: ANIVERSÁRIO DO PARQUE NATURAL DO TEJO INTERNACIONAL COMEMORADO EM SEGURA

Facebook

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-08-18 12:20:22

IDANHA-A-NOVA: ANIVERSÁRIO DO PARQUE NATURAL DO TEJO INTERNACIONAL COMEMORADO EM SEGURA

A aldeia de Segura foi o palco escolhido para as comemorações do 14º aniversário do Parque Natural do Tejo Internacional (PNTI).  A efeméride foi assinalada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) com um “dia aberto” no PNTI e com a inauguração da sinalética desta área protegida, agora concluída nos três concelhos que abrange: Idanha-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Castelo Branco.  A iniciativa do ICNF, representado pelo director do Departamento de Conservação da Natureza e Florestas do Centro, Rui Costa Melo, teve o objectivo de valorizar o papel desempenhado pelas áreas classificadas em prol do desenvolvimento regional sustentável.  A par da inauguração dos novos painéis de divulgação e sinalização, o programa das comemorações em Segura incluiu uma visita ao Centro de Interpretação para a Biodiversidade, no antigo Posto da Guarda Fiscal, e uma rota temática de observação de aves com passagem no canhão fluvial do rio Erges.  

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: ALTERAÇÕES NA REDE DE TRANSPORTES DO CARTÃO RAIANO

Facebook

Escrito por RCM em 2014-08-18 12:17:14

IDANHA-A-NOVA: ALTERAÇÕES NA REDE DE TRANSPORTES DO CARTÃO RAIANO

O Município de Idanha-a-Nova reestruturou recentemente a rede de transportes concelhia para utentes do Cartão Raiano +65, mantendo todos os circuitos já efectuados, com excepção do circuito de sexta-feira. Segundo a autarquia os circuitos e horários dos autocarros pretendem ir ao encontro das necessidades dos utilizadores deste serviço, após reavaliação dos seus hábitos e desejos de mobilidade. Com a recente aquisição de dois autocarros, a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova passa a assegurar a maior parte dos percursos, conseguindo uma poupança em contratação de transportes externos. O Cartão Raiano +65, dirigido para a população com mais de sessenta e cinco anos, reformados por invalidez e ainda para pessoas com deficiência, aglutina uma série de benefícios. Um deles é o acesso gratuito a uma rede de transportes a nível concelhio, criada especificamente para este propósito.

Ler mais

RÁDIO CLUBE DE MONSANTO O SOM POPULAR HÁ 29 ANOS CONSIGO

Facebook

Escrito por RCM em 2014-08-14 18:41:59

RÁDIO CLUBE DE MONSANTO O SOM POPULAR HÁ 29 ANOS CONSIGO

Fazer Rádio não é tarefa fácil, especialmente em comunidades onde todos se conhecem e onde os órgãos de comunicação social dependem, em maior ou menos grau, dos poderes instituídos, tantas vezes merecedores de reparo. Há até quem calcule os apoios, os louvores e a colaboração com a Rádio em função das referências elogiosas ou críticas. A RCM tem sabido, ao longo destes vinte e nove anos ao serviço do concelho de Idanha-a-Nova e da região, resistir à tentação de se amesendar à conta do orçamento. Tem sido capaz de manter um relativo equilíbrio informativo e dar voz aos vários sectores da vida da região. Tem procurado, com isenção, dar os diferentes “Pontos de Vista” dos cidadãos nos diversos assuntos de interesse público deste “interior profundo e despovoado”. Mesmo que não nos reconheçam, nós existimos. Deixem-nos trabalhar, sem empecilhos. Não queremos nenhuma medalha. “Dar medalhas a toda a gente tira o valor da medalha e tira o valor a quem a recebe”…  

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2014 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line