Notícias

TRADIÇÕES ANCESTRAIS DA SEMANA SANTA NO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Escrito por RCM em 2012-04-05 13:10:42

TRADIÇÕES ANCESTRAIS DA SEMANA SANTA NO CONCELHO DE  IDANHA-A-NOVA

O afastamento dos centros urbanos, a iliteracia, a implantação cristã e o empenho de leigos e sacerdotes na transmissão da memória explicam que as tradições da Semana Santa no concelho de Idanha-a-Nova sejam provavelmente caso único em Portugal.

O concelho do distrito de Castelo Branco “é de uma riqueza extraordinária nas manifestações de piedade popular que não existem noutras regiões de Portugal”, afirmou António Catana, o autor do livro “Mistérios da Semana Santa em Idanha”, lançado recentemente.

A herança é explicada pelo “isolamento”, o “analfabetismo”, a marca deixada pelos Templários durante século e meio, período em que construíram sete castelos, número sem par noutro concelho do país, e os dois conventos franciscanos erguidos na região contribuíram para a implantação cristã e cuidado na preservação da memória e que as tradições da Semana Maior se mantivessem até hoje, explicou António Catana.

O autor sublinhou que a herança dos ritos e cantos religiosos tem sido preservada por “uma mão cheia de guardiões”, que a sabem transmitir com “amor, devoção e respeito, contagiando cada vez mais os visitantes”.

“Não há outro concelho que tenha nove Misericórdias em funcionamento, as quais dão uma grande alma a estas tradições”, destacou António Catana, acrescentando que os párocos têm sabido respeitar os rituais quaresmais, ao mesmo tempo que se esforçam para que sejam vividos “com cada vez maior vibração interior”.

Este legado cultural e religioso é fonte de atracção: “As aldeias do concelho, como todo o interior, estão bastante abandonadas, mas por altura da Semana Santa as ruas enchem-se de automóveis, o que reflecte bem o grande amor que as pessoas têm por este património cultural e material”.

No prefácio ao livro que inclui as transcrições musicais dos cânticos e fotografias de Hélder Ferreira, o bispo do Porto lembra que as tradições da Semana Santa em Idanha fundam-se na “base ancestral em que toda a humanidade assenta, em torno da terra de cada um, dos laços de sangue e da lembrança dos mortos”.

Os textos demonstram que “sobre essa base cresceu uma autêntica piedade popular, em que tais motivos foram ‘convertidos’ pelo significado último e ultimado que a vida, paixão, morte e ressurreição de Cristo lhes deu”, escreve D. Manuel Clemente.

“Muito mais do que um catálogo de costumes bem guardados”, a investigação de quatro anos nas 17 freguesias do concelho, situado 260 km a nordeste de Lisboa, junto à fronteira com Espanha, traz “sobretudo o lastro duma tradição viva de Páscoa continuada”, salienta o vice-presidente da Conferência Episcopal Portuguesa.

Voltar para a página de notícias

CANÇÕES DO CANTE EM IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por RCM em 2016-05-27 15:45:36

CANÇÕES DO CANTE EM IDANHA-A-NOVA

A Filarmónica Idanhense apresenta no próximo dia 11 de Junho, pelas 21h30, no Centro Cultural Raiano em Idanha-a-Nova, o concerto “Canções do Cante”. Neste espectáculo, construído em Idanha-a-Nova pela Filarmónica Idanhense, encontram-se no mesmo palco a própria Filarmónica e as vozes de Janita Salomé, Vitorino Salomé e dos Cantadores do Redondo, unindo duas distinções da UNESCO: o Cante (Património Imaterial da Humanidade em 2014) e Idanha-a-Nova (Cidade Criativa no âmbito da Música). Participam também como convidadas especiais as Adufeiras de Idanha-a-Nova. “Canções do Cante” é a 11ª produção do projecto “Canções…”, um evento pioneiro em Portugal no âmbito da música filarmónica, que, iniciado em 2011 pela Filarmónica Idanhense, é dedicado única e exclusivamente à música portuguesa, aos seus autores, cantores e múltiplas formas de execução. Após o Canções ter dedicado concertos à música da Beira Baixa (2012) e ao Fado (2013), dedica este concerto ao Cante Alentejano. Os bilhetes podem ser adquiridos na Filarmónica Idanhense (dias úteis das 09:00 às 18:00) ou através dos contactos 926 938 535 e geral@filarmonicaidn.com.

Ler mais

FESTIVAL DA PAISAGEM NO TERRITÓRIO DA NATURTEJO

Facebook

Escrito por RCM em 2016-05-27 15:42:43

FESTIVAL DA PAISAGEM NO TERRITÓRIO DA NATURTEJO

O Geopark Naturtejo promove a partir deste sábado e até ao dia 12 de junho o Festival da Paisagem 2016. O evento apresenta 15 iniciativas que representam e promovem a natureza, cultura e produtos locais do território. Em comunicado, o Geopark Naturtejo explica que o festival começa este sábado com a realização da GeoRota do Orvalho, na Serra do Muradal, em Oleiros, distrito de Castelo Branco, e termina com um jantar teatralizado no miradouro do Cabeço Mosqueiro do Orvalho. Durante todo fim-de-semana, os apreciadores dos sabores locais têm no Rosmaninhal (Idanha-a-Nova) o Festival do Borrego e, no domingo, em Penamacor, decorre uma caminhada na Aldeia de João Pires em busca das suas geoformas graníticas. Esta é uma das várias propostas lançadas pelo município de Penamacor em associação com juntas de freguesia e empresas locais para conhecer o seu património geológico recentemente reconhecido pela UNESCO no âmbito do Geopark Naturtejo. Ainda em Penamacor, no dia 03 de junho decorre a Oficina dos Fósseis, no Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches, e a 12 de junho, realiza-se a caminhada "Natureza sem Fronteiras", na Serra da Malcata. No dia 05 de junho realiza-se em Oleiros a Festa da Espiga do Estreito e no último fim-de-semana do Festival da Paisagem decorre a Rota dos Fósseis de Penha Garcia. A fechar o Festival, a freguesia de Segura, em Idanha-a-Nova, recebe a II Festa das Migas para celebrar um dos contextos gastronómicos regionais mais diversificados e populares. Este ano, o Festival da Paisagem celebra também os 10 anos de reconhecimento internacional do Geopark Naturtejo como território UNESCO.

Ler mais

PARQUE DE CAMPISMO DE IDANHA PROMOVE DIA ABERTO COM ENTRADA GRATUITA

Facebook

Escrito por RCM em 2016-05-24 21:12:27

PARQUE DE CAMPISMO DE IDANHA PROMOVE DIA ABERTO COM ENTRADA GRATUITA

O Parque de Campismo Municipal de Idanha-a-Nova vai realizar um Dia Aberto, com entrada gratuita neste espaço. É já no próximo sábado que vai ter lugar esta iniciativa que pretende celebrar o início da época balnear de 2016. O Dia Aberto procura dar a conhecer todas as novidades deste espaço que é gerido pelo Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento (CMCD), em parceria com o Município de Idanha-a-Nova e a Escola Superior de Gestão. As três entidades colaboraram na recuperação de vários equipamentos, nomeadamente dos balneários, das diferentes zonas de lazer e de nove bungalows. As condições de funcionamento do bar, do restaurante, do minimercado e da lavandaria foram igualmente reforçadas e está a ser criado um novo espaço com churrasqueira comunitária de acesso livre aos campistas. Este ano o Parque de Campismo de Idanha-a-Nova acolhe o 8º Encontro Nacional de Caravanismo, promovido pela Associação de Caravanismo de Portugal, de 10 a 12 de junho.

Ler mais

CPCJ DE IDANHA-A-NOVA ASSINALA 13º ANIVERSÁRIO COM ESPECTÁCULO E EXPOSIÇÃO

Facebook

Escrito por RCM em 2016-05-24 21:09:10

CPCJ DE IDANHA-A-NOVA ASSINALA 13º ANIVERSÁRIO COM ESPECTÁCULO E EXPOSIÇÃO

A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Idanha-a-Nova comemorou no Centro Cultural Raiano, os 13 anos de actividade com o espectáculo “Idanha tem Talento!”, que contou com a participação de crianças de jovens do concelho. Foi ainda inaugurada a exposição “Prevenir com Arte – Maus Tratos na Infância”, patente no CCR. Trata-se de uma mostra de trabalhos realizados pelo artista plástico João Domingos, de nome artístico BIGOD, com a colaboração da população escolar. O artista utilizou a arte do Stencil num conjunto de telas que retractam várias formas de violência, designadamente violência doméstica, violência no namoro, violência psicológica, bullying, maus-tratos pré-natais, exploração do trabalho infantil e abuso sexual.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: GRUPO DE TEATRO AJIDANHA VENCE PRÉMIO EM ESPANHA

Facebook

Escrito por RCM em 2016-05-18 14:24:27

IDANHA-A-NOVA: GRUPO DE TEATRO AJIDANHA VENCE PRÉMIO EM ESPANHA

A peça “À Deriva”, do grupo de teatro Ajidanha, acaba de ganhar o prémio de Melhor Espectáculo no 8º Certame Nacional de Teatro Aficionado de Villa de Olvera (Cádis), em Espanha. A entrega dos prémios decorreu no passado sábado, dia 14, e também galardoou Joana Poejo, uma das protagonistas de “À Deriva”, com o prémio de Melhor Actriz. A companhia de Idanha-a-Nova era uma das cinco finalistas do festival de teatro, e única representação portuguesa, após ter sido seleccionada entre 92 grupos concorrentes. Os dois troféus arrecadados são ainda mais admiráveis por a Ajidanha ter estreado, neste certame, uma nova vertente da sua produção teatral, com a apresentação do espectáculo “À Deriva” totalmente interpretado em castelhano. Com esta aposta, a Ajidanha aumenta o seu universo de destinos e o seu potencial internacional, em particular em países de língua espanhola. De referir que a peça "À Deriva" tem arrecadado prémios nacionais e internacionais, desde a estreia em 2013. Entre as distinções contam-se os troféus ganhos no 8º Festival Internacional de Teatro CALE-se (melhor espectáculo, melhor encenação, melhor cenografia e melhor sonoplastia) e no 2º Certame Iberoamericano de Teatro "Ciudad de Trujillo" (melhor actor secundário e 2º melhor espectáculo).

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2016 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line