Notícias

CRÓNICA DE UM REGRESSO A TIMOR-LESTE

Escrito por Palmira Marques, em Dili - Timor-Leste em 2012-04-19 17:58:16

CRÓNICA DE UM REGRESSO A TIMOR-LESTE

“(Co)missão em Timor”ou “Laços Inesquecíveis”

“Na verdade não foram malfadadas

As horas que em Timor foram contadas.

Mesmo esta longa e morna solidão

Estes dias felizes de verdade

horas boas e más, nos ficarão

gravadas para toda a eternidade.”

(in pág,31, “Comissão em Timor” de Joaquim M. Fonseca )

 

Como ficou prometido aos microfones da Rádio Clube de Monsanto, aqui estou a enviar umas palavrinhas em jeito de “cronicando” como diria o meu amigo Mia Couto. Encontro-me pois, a escrever estas primeiras notas, hoje dia 13 de abril, sexta feira, no aeroporto de Singapura, onde cheguei às 16h e vou passar a noite para partir de manhã em direção ao aeroporto Internacional Nicolau Lobato, em Díli. O aeroporto de Singapura é muito bonito, cheio de luz e com pormenores graciosos e delicados como os jardins interiores onde florescem as mais lindas orquídeas ou lagos onde nadam gordos peixes vermelhos. Tem contudo este aeroporto uma particularidade que muito me intriga: o revestimento do piso a alcatifa, tornando este espaço um local silencioso demais para o meu gosto (quem imagina um aeroporto gigantesco com tal silencio?) Mas tem também uma agradável surpresa: para quem chega a Singapura e tenha amigos nesta cidade, pode contatá-los gratuitamente através das cabines telefónicas dispersas pelos 3 terminais do aeroporto.

Vou passar a noite em claro, lendo o livro de Joaquim M. Fonseca “Comissão em Timor” e tal como o título indica, o autor fez a tropa em Timor entre 1969/1971. Fala-nos ele da sua experiência na Ilha onde foi a “Voz de Portugal na Oceânia”, tal como agora é a ”Voz da Região Monsantina” com a diferença de que naquela época a sua voz só se ouvia em Timor e nos arredores e hoje, com a evolução da tecnologia, a Rádio Clube de Monsanto, escuta-se em todo o mundo através da internet. Ao longo das páginas, o autor relata-nos o seu dia a dia e explica situações que aconteceram. Digno de nota é que o autor para além de descrever o que foi acontecendo nesses 24 meses em Timor, traz ao de cima a veia poética de Joaquim M. Fonseca, deixando assim impresso no livro “Comissão em Timor”, poesia linda, sentida e espontânea.

Mais que uma vez ao longo do livro, refere o autor que “este povo (de Timor) gostaria de se manter ligado a Portugal”. Como a edição do livro data de 1976, com todos os acontecimentos que precederam a publicação, o autor viu-se na contingência de ter que incluir páginas dedicadas ao “Timor Leste como a 27ª Província da Indonésia” – ainda que com grande pena dele (e nossa!) – atualizando assim a informação com documentos de jornais da época. Uma obra que  está esgotada que mas terá interesse para os amantes daquele povo “que não permite que ninguém, mesmo inadvertidamente, pise a sombra da Bandeira Portuguesa!”

Bairro de Santa Cruz, Cidade de Díli aos 16 de Abril de 2012

Palmira Marques

 

Voltar para a página de notícias

MAIS UMA RÁDIO LOCAL QUE FECHA e… ninguém parece preocupado!

Facebook

Escrito por RCM em 2014-10-24 09:34:14

MAIS UMA RÁDIO LOCAL QUE FECHA e… ninguém parece preocupado!

Depois de no dia 11 de Novembro de 2013 a Rádio Mangualde ter sido declarada insolvente, quando a emissão da estação já estava suspensa desde a concretização de uma penhora judicial que decorreu em Abril desse mesmo ano, sabe-se agora que a cooperativa detentora da Rádio Mangualde não apresentou qualquer plano de recuperação junto dos credores, que ao existir e ao ser cumprido poderia ter mantido viva a possibilidade da estação continuar o seu projecto. No dia 27 de Maio último foi realizado no Tribunal de Mangualde uma diligência com o objectivo de ser efectuada a abertura de propostas a fim de efectivar a venda judicial dos bens da Rádio Mangualde, tendo sido do entendimento do administrador de insolvência, Dr. Nuno Castelhano, com a concordância do Tribunal a realização de um leilão a fim de ser tentado o aumento da venda do produto da massa insolvente. Sabe-se agora que a ERC já cessou o alvará da Rádio Mangualde, sendo que a estação já tinha uma ausência de emissões superior a dois meses à data da declaração de insolvência, um dos motivos que pode levar a ERC a revogar a licença ou autorização. Actualmente o alvará que pertenceu à Rádio Mangualde está na posse do Governo, sendo que para voltar a ser atribuído para o exercício da actividade de rádio o mesmo terá que estar sujeito a concurso público, o que nos próximos tempos é muito pouco provável. Alguém se preocupa? É só mais uma, à semelhança do que vai acontecendo na nossa região e no país.

Ler mais

MONSANTO É O LOCAL MAIS VISITADO DO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

Facebook

Escrito por em 2014-10-14 16:47:44

MONSANTO É O LOCAL MAIS VISITADO DO CONCELHO DE IDANHA-A-NOVA

No ano passado visitaram o concelho de Idanha-a-Nova cerca de 200 mil turistas. Um número que, segundo o presidente da Câmara, Armindo Jacinto, tem vindo a aumentar e que se distribui ao longo de todo o ano. Dos vários locais de atracção do concelho de Idanha-a-Nova, Monsanto é o local mais visitado. Segundo a autarquia, a actividade cinegética contribuiu também para aumentar significativamente o número de visitantes. O concelho de Idanha-a-Nova tem 140 mil quilómetros quadrados de área de caça ordenada, divididos por 88 zonas de caça que, segundo o autarca, todos os anos mobilizam milhares de pessoas àquele concelho raiano

Ler mais

ESTUDANTES DE MEDICINA DA UBI REALIZAM RASTREIOS À POPULAÇÃO DO CONCELHO DE PENAMACOR

Facebook

Escrito por em 2014-10-10 14:43:22

ESTUDANTES DE MEDICINA DA UBI REALIZAM RASTREIOS À POPULAÇÃO DO CONCELHO DE PENAMACOR

A partir desta Sexta-feira e até Domingo, estudantes de medicina da Universidade da Beira Interior vão estar no concelho de Penamacor para realizar vários rastreios à população e promover um conjunto de actividades no âmbito da Educação para a saúde. Esta acção faz parte da segunda edição do Rastreios à Beira, iniciativa promovida pelo departamento de Saúde do Medubi - Núcleo de estudantes de medicina da Universidade da Beira Interior. “Aproximar os estudantes da população, dar-lhes condições para rastrear alguns dos parâmetros da sua saúde, como tensão arterial, glicemia, e este ano uma novidade que tem a ver com o monóxido de carbono associado ao tabagismo” é a ideia desta iniciativa, explica Paulo Ricardo Pinheiro, do departamento de saúde do Medubi, que integra a equipa de 25 jovens estudantes de medicina que estão este fim-de-semana no concelho de Penamacor. No âmbito da segunda edição do Rastreios à Beira, os estudantes de medicina vão também visitar os idosos que vivem mais isolados na freguesia de Bemposta.

Ler mais

CINCO ANIMAIS DE ESPÉCIES PROTEGIDAS FERIDOS A TIRO EM CASTELO BRANCO

Facebook

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-10-08 16:40:29

CINCO ANIMAIS DE ESPÉCIES PROTEGIDAS FERIDOS A TIRO EM CASTELO BRANCO

A associação ambientalista Quercus recebeu no Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco (CERAS), desde setembro, cinco animais de espécies protegidas feridos a tiro, entre os quais uma águia-cobreira e uma águia-calçada", disse à agência Lusa Samuel Infante, da Quercus. Segundo o ambientalista, a esmagadora maioria destes casos "são intencionais". O responsável pelo núcleo da Quercus de Castelo Branco explicou que nos últimos anos tem havido um decréscimo no número de espécies protegidas feridas a tiro. Em 2013, o CERAS recebeu seis animais de espécies protegidas feridos ao longo de todo o ano. Contudo, este ano, esse número já foi praticamente atingido, apesar de terem passado pouco mais de dois meses desde que abriu a época da caça. Samuel Infante mostra-se preocupado com esta situação e fala mesmo em "falta de informação e de formação" de alguns "pseudo-caçadores que cometem este tipo de crimes".  

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: EQUIPA DE FUTEBOL FEMININO APRESENTADA OFICIALMENTE

Facebook

Escrito por RCM em 2014-10-08 16:38:37

IDANHA-A-NOVA: EQUIPA DE FUTEBOL FEMININO APRESENTADA OFICIALMENTE

Beira Baixa United Clube é o nome da nova equipa de futebol feminino com sede em Idanha-a-Nova, que reúne jogadoras de seis concelhos da região que pretende representar. O novo emblema é o único no distrito de Castelo Branco a participar nas competições nacionais femininas de futebol de onze, encontrando-se a competir no Campeonato Nacional de Promoção, série C, correspondente ao segundo escalão desta modalidade. Este é um projecto inovador do dirigente desportivo João Serra, surgido no âmbito de uma tese de mestrado em Gestão de Empresas, na Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova, que incide sobre a criação de um "clube-empresa". A estreia em casa do Beira Baixa United, treinado por José Robalo, está marcada para o próximo domingo, dia 12, no Estádio Municipal de Idanha-a-Nova, contra um clube de Coimbra. O estádio oficial da equipa deverá passar depois a ser o Complexo Desportivo de Termas de Monfortinho.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2014 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line