Notícias

CRÓNICA DE UM REGRESSO A TIMOR-LESTE

Escrito por Palmira Marques, em Dili - Timor-Leste em 2012-04-19 17:58:16

CRÓNICA DE UM REGRESSO A TIMOR-LESTE

“(Co)missão em Timor”ou “Laços Inesquecíveis”

“Na verdade não foram malfadadas

As horas que em Timor foram contadas.

Mesmo esta longa e morna solidão

Estes dias felizes de verdade

horas boas e más, nos ficarão

gravadas para toda a eternidade.”

(in pág,31, “Comissão em Timor” de Joaquim M. Fonseca )

 

Como ficou prometido aos microfones da Rádio Clube de Monsanto, aqui estou a enviar umas palavrinhas em jeito de “cronicando” como diria o meu amigo Mia Couto. Encontro-me pois, a escrever estas primeiras notas, hoje dia 13 de abril, sexta feira, no aeroporto de Singapura, onde cheguei às 16h e vou passar a noite para partir de manhã em direção ao aeroporto Internacional Nicolau Lobato, em Díli. O aeroporto de Singapura é muito bonito, cheio de luz e com pormenores graciosos e delicados como os jardins interiores onde florescem as mais lindas orquídeas ou lagos onde nadam gordos peixes vermelhos. Tem contudo este aeroporto uma particularidade que muito me intriga: o revestimento do piso a alcatifa, tornando este espaço um local silencioso demais para o meu gosto (quem imagina um aeroporto gigantesco com tal silencio?) Mas tem também uma agradável surpresa: para quem chega a Singapura e tenha amigos nesta cidade, pode contatá-los gratuitamente através das cabines telefónicas dispersas pelos 3 terminais do aeroporto.

Vou passar a noite em claro, lendo o livro de Joaquim M. Fonseca “Comissão em Timor” e tal como o título indica, o autor fez a tropa em Timor entre 1969/1971. Fala-nos ele da sua experiência na Ilha onde foi a “Voz de Portugal na Oceânia”, tal como agora é a ”Voz da Região Monsantina” com a diferença de que naquela época a sua voz só se ouvia em Timor e nos arredores e hoje, com a evolução da tecnologia, a Rádio Clube de Monsanto, escuta-se em todo o mundo através da internet. Ao longo das páginas, o autor relata-nos o seu dia a dia e explica situações que aconteceram. Digno de nota é que o autor para além de descrever o que foi acontecendo nesses 24 meses em Timor, traz ao de cima a veia poética de Joaquim M. Fonseca, deixando assim impresso no livro “Comissão em Timor”, poesia linda, sentida e espontânea.

Mais que uma vez ao longo do livro, refere o autor que “este povo (de Timor) gostaria de se manter ligado a Portugal”. Como a edição do livro data de 1976, com todos os acontecimentos que precederam a publicação, o autor viu-se na contingência de ter que incluir páginas dedicadas ao “Timor Leste como a 27ª Província da Indonésia” – ainda que com grande pena dele (e nossa!) – atualizando assim a informação com documentos de jornais da época. Uma obra que  está esgotada que mas terá interesse para os amantes daquele povo “que não permite que ninguém, mesmo inadvertidamente, pise a sombra da Bandeira Portuguesa!”

Bairro de Santa Cruz, Cidade de Díli aos 16 de Abril de 2012

Palmira Marques

 

Voltar para a página de notícias

MONSANTO: 600 ATLETAS PARTICIPARAM NO CAMPEONATO IBÉRICO FEMININO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE

Facebook

Escrito por RCM em 2014-09-30 16:53:41

MONSANTO: 600 ATLETAS PARTICIPARAM NO CAMPEONATO IBÉRICO FEMININO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE

O 22º Campeonato Ibérico Feminino de Orientação Pedestre trouxe no passado fim-de-semana ao concelho de Idanha-a-Nova 600 atletas desta modalidade. Sábado e Domingo de manhã a zona do Cidral, em Monsanto, acolheu duas etapas para atribuição dos títulos de Campeão Ibérico Feminino de distância média e de distância longa. Durante a tarde de Sábado os atletas correram no núcleo histórico de Monsanto, para a atribuição dos títulos de Campeão Ibérico Feminino de Sprint. Em paralelo com a atribuição destes títulos disputou-se o 2º Meeting Internacional de Idanha-a-Nova, pontuável para o ranking da Taça de Portugal e para o ranking Nacional de clubes, envolvendo atletas de ambos os sexos. A organização foi da Associação dos Deficientes das Forças Armadas, com a colaboração da Federação Portuguesa de Orientação e da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. Na cerimónia de entrega dos prémios, o presidente da autarquia, Armindo Jacinto, manifestou interesse em fazer da Orientação “uma modalidade rainha do concelho”. De salientar que Monsanto foi distinguido em 2013 com o título de melhor percurso mundial de Orientação, atribuído pelos utilizadores do maior portal da modalidade, o "World Of O".

Ler mais

MONFORTINHO: SÉRGIO MONTEIRO DIZ QUE “NÃO HÁ CAPACIDADE ORÇAMENTAL PARA O IC31 e IC6

Facebook

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-09-25 12:46:28

MONFORTINHO: SÉRGIO MONTEIRO DIZ QUE “NÃO HÁ CAPACIDADE ORÇAMENTAL PARA O IC31 e IC6

O secretário de Estado dos Transportes disse esta quarta-feira que o IC31, entre Monfortinho e Espanha, e o IC6, entre Covilhã e Coimbra, são "obras adiadas mas não esquecidas", para as quais não há capacidade orçamental. "O IC31 e o IC6 são obras adiadas. Não estão esquecidas porque estão contempladas no Plano Rodoviário Nacional (PRN), mas, claramente, são obras para as quais a capacidade orçamental do país não tem condições de responder nos próximos anos", adiantou Sérgio Monteiro à agência Lusa. O governante, que falava em Castelo Branco, à margem do seminário "Scutvias-15 anos", explicou que existem "limitações severas da Comissão Europeia (CE) relativamente ao investimento em estradas". "É considerada uma prioridade negativa", sublinhou.  

Ler mais

CASTELO BRANCO QUER A23 SEM PORTAGENS

Facebook

Escrito por LUSA em 2014-09-24 15:00:45

CASTELO BRANCO QUER A23 SEM PORTAGENS

O presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, disse hoje que a região quer voltar a ter a auto-estrada A23 sem portagens, ou, pelo menos, com preços mais reduzidos. "Desejamos voltar à A23 sem portagens. Mas, se esse objectivo não for alcançado, pelo menos há uma exigência da qual não podemos abdicar: não podemos continuar a ter as portagens por quilómetro mais caras do país", afirmou o autarca. Luís Correia, que falava durante a sessão de abertura do seminário "Scutvias - 15 anos", que decorre hoje em Castelo Branco, entende que o interior precisa desta mudança, "para bem de todo o país". Por isso, diz ser "urgente rever a decisão de cobrança de portagens nas antigas scut [vias sem custos para os utilizadores]", nomeadamente nas que servem o interior. O autarca afirmou que está consciente das dificuldades económicas e financeiras que o país atravessou e que ainda vive e acrescentou que não pede impossíveis nem quer fazer política "fácil e populista" com uma questão "tão séria" como esta. Contudo, sublinhou: "Não podemos deixar de alertar para o retrocesso que a cobrança de portagens na A23 representa para o desenvolvimento da região e para a consequente sobrecarga de encargos para as famílias e as empresas". Disse ainda entender que as boas condições de acesso, a rapidez e diminuição de distâncias que poderiam ser garantidas pela existência da auto-estrada "acabam por não se fazer sentir".    

Ler mais

PCP CONSIDERA “DESPROPOSITADO” O FECHO DA ESCOLA DE MONSANTO

Facebook

Escrito por RCM/ Lusa em 2014-09-22 18:17:58

PCP CONSIDERA “DESPROPOSITADO” O FECHO DA ESCOLA DE MONSANTO

A deputada do PCP Paula Santos afirmou esta segunda-feira que o encerramento da escola de Monsanto, em Idanha-a-Nova, "é completamente despropositado", visto que tinha recebido recentemente investimento público para melhoria das condições de ensino. De visita ao distrito de Castelo Branco, a deputada comunista saudou e valorizou a intervenção da população contra o encerramento da escola, que demonstra que este fecho "está a ser feito contra a vontade das pessoas e das crianças". Segundo a deputada do PCP, os argumentos que estão a ser utilizados pelo Governo para o encerramento de escolas "não têm outro objectivo em cima da mesa que não sejam questões financeiras e economicistas". Paula Santos recordou ainda que o PCP apresentou uma proposta ainda durante o último Governo socialista, na qual propunha que fosse feita uma carta educativa nacional com o objectivo de serem identificadas as necessidades das populações no que diz respeito à educação. "Esta proposta do PCP, à data, foi aprovada pelo PSD e pelo CDS. Mudou tudo, passaram a Governo, esqueceram-se daquilo que aprovaram e agora estão a fazer exactamente aquilo que criticavam na oposição", disse.

Ler mais

IDANHA-A-NOVA: AUTARQUIA LANÇA MAIS UM VOLUME DA COLECÇÃO INFANTIL SOBRE LENDAS DO CONCELHO

Facebook

Escrito por RCM/ Diário Digital Castelo Branco em 2014-09-17 12:33:15

IDANHA-A-NOVA: AUTARQUIA LANÇA MAIS UM VOLUME DA COLECÇÃO INFANTIL SOBRE LENDAS DO CONCELHO

Foi lançado durante a festa em honra de Nossa Senhora d’Azenha o livro “Terra Encantada: Senhora d’Azenha – Monsanto e Penha Garcia”. Este é o terceiro volume de uma colecção infantil dedicada às lendas do concelho de Idanha-a-Nova, A obra, escrita e ilustrada pela historiadora Joaquina Salgueiro Celestino, foi editada pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. No âmbito desta colecção foram já publicadas as obras “A Lenda de Água Murta”, um olhar sobre as narrativas popularmente associadas à Senhora do Almortão, e “O Mistério da Senhora do Loreto”, que aborda o enigmático culto à padroeira universal da aviação em Alcafozes.

Ler mais

Mais Notícias

Notícias da Região

JORNAL O INTERIOR

A Carregar ...

JORNAL DO FUNDÃO

A Carregar ...

JORNAL A GUARDA

A Carregar ...

© Rádio Clube de Monsanto 2014 | 98.7 e 107.8 FM | CSB 652 / RDS

Amigos da RCM | Discos Pedidos | Programação | Contactos | Opiniões | Livro de Visitas | Compras On-Line